20/10/2020 às 07h44min - Atualizada em 20/10/2020 às 07h44min

Concessionárias são orientadas pelo Procon a informar isenções para consumidor com deficiência ou portador de doença grave


Foto: Divulgação
 
Em cumprimento a lei estadual 3.710/2020 de que dispõe sobre a fixação de cartaz nos estabelecimentos de comercialização de veículos automotores novos, para informar sobre isenções específicas para o consumidor  com deficiência ou portador de moléstia , o Procon Tocantins realizou no período de 12 a 19 de outubro, operação em 14 concessionárias nos municípios de Palmas, Paraíso, Gurupi e Araguaína. Em Palmas, 14 notificações, em Paraíso 02, em Gurupi  03 e em Araguaína 09. Um total 28 estabelecimentos notificados.

De acordo com a gerência de Fiscalização do Procon Tocantins, mesmo com o prazo de 60 dias para que a lei entrasse em vigor, a maioria das empresas notificadas ainda não estavam adequadas. A lei especifica, ainda, os parâmetros para a divulgação das informações definindo medidas, a disposição dos caracteres além de orientar a fixação do material em locais de maior visibilidade para o consumidor: “medida de no mínimo 297mmX420mm (folha A3), e conter os seguintes dizeres: "O CONSUMIDOR COM DEFICIÊNCIA OU PORTADOR DE MOLÉSTIA GRAVE, TEM DIREITO À ISENÇÕES TRIBUTÁRIAS PREVISTAS EM LEI. SOLICITE INFORMAÇÕES ADICIONAIS AO VENDEDOR”.

“Nesse primeiro momento a visita do Procon serviu para orientar àqueles que ainda não se adequaram. Ressaltamos ainda que  o descumprimento da medida acarretará ao estabelecimento as  penalidades previstas na Lei nº 8.078 , de 11 de setembro de 1990,o Código de Defesa do Consumidor (CDC)”, observou o superintendente  do Procon Tocantins, Walter Viana, esclarecendo, ainda, que diante das irregularidades encontradas foi dado um prazo de 48 horas para regularização.

Denúncias

Em caso de denúncias o consumidor deve entrar em contato por meio do Disque 151 ou utilizar o Whats Denúncia 99216-6840. Para formalizar a reclamação, o mesmo pode entrar no site http://www.procon.to.gov.br e clicar no banner “Faça sua Reclamação aqui”, preencher todos os campos e anexar os documentos solicitados
.(Secom TO).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento