22/09/2020 às 07h41min - Atualizada em 22/09/2020 às 07h41min

Governo pede suspensão no Brasil de filme acusado de sexualizar crianças


Foto: Divulgação
 
O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão da veiculação do filme "Lindinhas" ("Cuties", em inglês) no Brasil, além da apuração da responsabilidade pela oferta e distribuição de conteúdo. A produção francesa da Netflix é acusada de sexualizar crianças.

O pedido foi encaminhado à COPEIJ (Coordenação da Comissão Permanente da Infância e Juventude). Comentando o caso, a ministra Damares Alves disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro atuará "nessa luta".
 
“Crianças e adolescentes são o bem mais precioso da nação e o mais vulnerável. É interesse de todos nós botarmos freio em conteúdos que coloquem as crianças em risco ou as exponham à erotização precoce. O governo do presidente Jair Bolsonaro não vai ficar parado nessa luta. Vamos tomar todas as medidas judiciais cabíveis. A nossa luta é para direitos humanos para todas as crianças do Brasil”, disse.

No ofício assinado pela SNDCA (Secretaria Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente), o secretário Maurício Cunha afirma que o filme "apresenta pornografia infantil e múltiplas cenas com foco nas partes íntimas das meninas enquanto reproduzem movimentos eróticos durante a dança, se contorcem e simulam práticas sexuais. (Fonte uol).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento