14/09/2020 às 09h24min - Atualizada em 14/09/2020 às 09h24min

Líder religioso e pré-candidato chama Distrito de Luzimangues para a independência política


Foto: Divulgação
 
O Distrito de Luzimangues, colado em Palmas e  que pertence a Porto Nacional, deve atrair os olhares de candidatos  que disputam uma vaga de vereador e também a do próprio executivo. 

Atualmente, Luzimangues tem cerca de 30 mil moradores. Isso não significa que todos sejam eleitores de Porto Nacional, pois grande parte inda vota em Palmas, dada à forte influência da capital na região.

O pré-candidato a vereador pastor Edilson, morador de Luzimangues há muito tempo, decidiu buscar uma vaga na Câmara de Porto Nacional para brigar por melhorias para o Distrito e buscar a independência política de Luzimangues, principal arrecadador de imposto de Porto Nacional.

Para pastor Edilson, que é líder religioso e presidente da União dos Ministros Evangélicos de Luzimangues-Umel, está na hora de um dos maiores Distritos do Tocantins, Luzimangues, se despertar  para novos tempos e buscar sua independência econômica e política.

“Em toda política a gente ouve o mesmo discurso de mudança, mas pouca coisa acontece. Apesar dos avanços conseguidos pela gestão de Joaquim Maia, precisamos nos unir e lutar pela independência administrativa. Só assim, Luzimangues conseguirá se autodeclarar como uma das maiores cidades do Tocantins”, disse pastor Edilson.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento