05/09/2020 às 08h00min - Atualizada em 05/09/2020 às 08h00min

Governo do Tocantins promove campanha de promoção à vida


Foto: Governo do Tocantins
 
Com o objetivo de adotar práticas eficazes de prevenção ao suicídio a Secretaria de Estado da Saúde (SES) por meio da Gerência da Rede de Atenção Psicossocial/Diretoria de Atenção Especializada/SPAS divulga a campanha Setembro Amarelo – Promoção da Vida, referente ao Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, lembrado em todo dia 10 de setembro. A área técnica promoverá ações de sensibilização e conscientização da população durante todo o mês.
 
“Esse é um momento muito importante na agenda da saúde, porque buscamos um cenário de saúde mental inclusivo a todos. É importante falarmos sobre a promoção da vida e da saúde mental durante esse mês e evitarmos a potencialização do efeito contrário que a campanha se propõe. Falar de suicídio é essencial, mas é necessário focar nas ações que o previnem do que propriamente o fato. Então buscar saber como melhorar as relações sociais, condições de trabalho, habilidades emocionais, escuta, acolhimento, construção de espaços coletivos de pertencimento social, entre outros é fundamental”, afirmou a psicóloga e diretora de Atenção Especializada da SES/TO, Dhieine Caminski.
 
Ainda segundo a diretora, “é preciso maior conscientização da população que suicídio não precisa mais ser um tabu e que a saúde é um dispositivo em que toda pessoa em sofrimento mental ou sociopolítico  pode procurar por escuta qualificada através dos pontos da Rede de Atenção Psicossocial, e contar com atendimento multiprofissional”, destacou.
 
A assistência redobrada para pessoas que já tentaram suicídio é uma das estratégias da campanha, “Pacientes que já tentaram suicídio alguma vez são cerca de seis vezes mais propensos a tentarem novamente, o que os enquadra em grupo de risco ainda maior. Nossa missão é informar a sociedade que suicídio é um problema de saúde pública que pode sim ser prevenido” pontua a psicóloga e gerente da Rede de Atenção Psicossocial da SES/TO, Maria de Fátima Vieira.

O Tocantins dispõe de Centros de Apoios Psicossociais nos seguintes municípios: Araguatins, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pequizeiro, Porto Nacional, Sítio Novo, Taguatinga e Tocantinópolis,
 
Ajuda

Vale ressaltar que o Estado do Tocantins possui uma ampla rede de Centros de Apoios Psicossociais e caso necessário, a pessoa pode buscar ajuda nas unidades básicas da Rede de Atenção Psicossocial em seu município de referência. (Governo do Tocantins).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento