01/09/2020 às 09h33min - Atualizada em 01/09/2020 às 09h33min

Naturatins intensifica monitoramento e combate a incêndios em unidades de conservação


Foto: Secom TO
 
O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) intensificou, desde o início de agosto, as ações de monitoramento e combate aos focos de incêndios nas unidades de conservação do Estado. Diariamente, equipes realizam monitoramento por terra, com uso de drones e também com a aeronave do órgão. O objetivo é localizar os focos de incêndio quando ainda estão no início e promover efetivas ações de combate para evitar que se propaguem.

Resultados

O trabalho intensivo do Naturatins e órgãos parceiros no combate aos incêndios e queimadas ilegais no Estado têm apresentado resultados positivos.  Segundo dados Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE ), de 1º a 15 de agosto, o Tocantins registrou uma queda de 42,29% no número de focos de incêndios, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em números reais, foram registrados neste ano 775 focos, contra os 1.343 focos de 2019. Os dados foram confirmados pelo Centro Integrado de Inteligência e Monitoramento de Dados Espaciais Ambientais (Cimdea), do Naturatins.

O presidente do Naturatins, Sebastião Albuquerque, comemora a redução de focos de fogo, mas diz que o período exige cautela. “Entramos no período mais seco do ano, quando as condições climáticas favorecem o alastramento do fogo, por isso as operações de monitoramento tanto aérea quanto por terra vão ser cada vez mais intensificadas”, diz Albuquerque.

Prevenção

 
O trabalho de sensibilização para prevenção aos incêndios florestais e queimadas ilegais também foram intensificados neste ano. (Secom).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento