22/08/2020 às 08h15min - Atualizada em 22/08/2020 às 08h15min

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla debate o protagonismo e o empoderamento


Foto: Divulgação 
 
De 21 a 28 de agosto os debates voltam-se a políticas públicas inclusivas para pessoas com deficiências e chamam a repensar o lugar delas como protagonistas do seu lugar de direito na sociedade

Márcia Rosa – Governo do Tocantins – 21.08.2020.

Celebrada entre os dias 21 e 28 de agosto, a Semana foi instituída em 1964 pelo Decreto nº 54.188, inicialmente titulada Semana Nacional da Criança Excepcional, porém alterada pela Lei 13.585 em dezembro de 2017 que passou a chamar Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.

É necessário enxergar o “normal” antes de enxergar o deficiente, é com essa máxima que a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) ressalta a necessidade da sociedade, travestida de tantas formas de preconceito e de segregação, ter um olhar humanizado em relação as pessoas com deficiência ou aos “excepcionais”, diante disso colabora com Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que inicia nesta sexta-feira, 21, e vai até o dia 28.

Com o tema “Protagonismo empodera e concretiza a inclusão social”, definido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Brasil), a semana nacional é voltada a sensibilizar a sociedade ao desenvolvimento de conteúdos e de políticas públicas para promover a inclusão social das pessoas com deficiência diante de tantas negligências históricas de seus direitos e combater o preconceito e a discriminação. (com informações do Governo do Tocantins).



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento