13/08/2020 às 09h14min - Atualizada em 13/08/2020 às 09h14min

Em meio à crise financeira e da pandemia, Município pode perder R$ 8 milhões de reais, denuncia jornal


 
É difícil de acreditar. Em plena crise financeira  e da pandemia do coronavírus, o Município de Filadélfia, norte do Estado, pode perder cerca de R$ 8 milhões de reais. É o que aponta o jornal otempo, de Carolina,  Maranhão. 

De acordo com reportagem do jornal, todo o dinheiro é oriundo de verbas federais, cujo repasse já estaria autorizado em convênio no valor total de R$ 10 milhões. Os recursos, ainda segundo o jornal, seriam destinados  para obras de macrodrenagem e pavimentação de ruas,  contrato assinado em janeiro de 2018.

Mas o Município corre o risco de perder tudo. Parte dos recursos do convênio com o Ministério da Integração/SUDAM, R$ 2 milhões, dos R$ 3,7 milhões autorizados, entrou nas cofres da Prefeitura, em novembro de 2019. As obras, a cargo da Construtora Ipanema, que venceu a licitação de R$ 9.242.115,19, começaram, mas pararam. 

A Prefeitura chegou a desembolsar  R$ 1,39 milhão à Construtora Ipanema. Os registros de pagamentos no Portal da Transparência de Filadélfia mostram R$ 830.280,00, em 03 de dezembro de 2019, e outros R$ 509.268,11, em 26 de dezembro. O mesmo Portal mostra também saldo de R$ 660.451,89 na conta da Prefeitura. Quer dizer, dinheiro ainda existe e a empreiteira está contratada.

O problema, segundo o jornal otempo, com as obras paradas, a Prefeitura não pode prestar as devidas contas. E sem a prestação de contas, os R$ 8 milhões restantes do convênio  podem voltar pelo mesmo caminho de onde veio.  O convênio só é válido até 28 de janeiro de 2021.

Obras inacabadas

Em Filadélfia, existem importantes obras paradas e inacabadas  desde a administração anterior, entre elas, escola e creches abandonadas, prédio novo da prefeitura no meio do mato e cerca de 50 casas populares que ficaram pela metade. A cidade já recebeu o apelido de “cemitério de obras”.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento