27/07/2020 às 09h52min - Atualizada em 27/07/2020 às 09h52min

Acorrentado, ex-prefeito inicia greve de fome em frente à Controladoria Geral da União, em Palmas


Foto: Divulgação 
 
O ex-prefeito de Palmas, o colombiano Carlos Amastha, já mostrou durante campanha eleitoral que é capaz de fazer quase. O homem, que já beijou cachorro, andou de bicicleta velha e empurrou até carroça, agora partiu para mais uma façanha: ficar acorrentado.

Amastha, não satisfeito com a citação do nome dele em recente operação da Polícia Federal,  resolveu  fazer greve de fome em frente ao prédio da Controladoria Geral da União, CGU, em Palmas, até ser recebido de braços abertos pelo responsável da instituição, Leandro Coelho.

Amastha foi para a frente da CCU às 5 horas da manhã, conforme consta no instagram do ex-prefeito. Já perto das nove horas, ele foi atendido pelo diretor da CGU, Leandro Coelho.  Na oportunidade, Carlos Amastha pediu explicações ao diretor sobre a citação do nome dele no possível envolvimento com desvio de dinheiro público na contratação de veículos, quando foi prefeito de Palmas.

Entenda

Amastha foi acusado de participar de desvio de dinheiro de aluguel de carros, quando foi prefeito de Palmas. A operação, da Polícia Federal, foi realizada na semana passada, quando houve prisões e mandados de apreensões para várias pessoas, incluindo ex-secretários do ex-prefeito.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento