19/06/2020 às 07h32min - Atualizada em 19/06/2020 às 07h32min

Parte da população é inconsequente e contribui para o aumento do coronavírus; novo lockdown é necessário, se quiserem poupar vidas


 
Sinal vermelho: chegamos ao limite. O aumento do coronavírus em Araguaína assusta a todos. 

Mas de quem é a culpa?  É do governo?  é da Prefeitura? do comércio?  nada disso. Não há culpados; o que há é a realidade de um vírus que ameaça contaminar e matar mais gente na segunda maior cidade do Estado, se não forem adotadas novas medidas enérgicas e eficientes  para controlar a disseminação da doença.

Apesar de não apontar culpados, mas é notório que parte da população é inconsequente, ainda não se conscientizou da grande ameaça na cidade. Bastou a Prefeitura flexibilizar as regras para que muitas pessoas se descuidasse da doença. 

Em muitos bares, conveniências, parte do comércio, locais de  caminhadas e ruas  é possível ver pessoas se movimentando tranquilamente sem máscaras, como se nada estivesse acontecendo. Pouca fiscalização incentiva o desrespeito.

Araguaína, com cerca de 200 mil habitantes, Já chegou a mais de 3 mil casos da doença, ultrapassando Goiânia, que tem mais de 1 milhão e meio de moradores. Basta, chega! Está na hora de uma reação mais rigorosa aos inconsequentes que desrespeitam limites e ignoram a triste realidade do coronavírus em Araguaína.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento