11/06/2020 às 09h16min - Atualizada em 11/06/2020 às 09h16min

Para conter avanço do coronavírus na cidade, Prefeitura reforça Decreto e proíbe acesso de embarcações


 
O avanço do coronavírus nas pequenas cidades é uma realidade que assusta autoridades e população em geral. 

Babaçulândia, município turístico que fica no norte do Estado,  está apenas a 60 km de Araguaína, cidade com mais casos de covid-19 no Tocantins. Essa aproximação com Araguaína tem causado preocupação nos moradores de Babaçulândia e região, que já registraram vários casos da doença. 

Para tentar impedir que o covid-19 se espalhe na cidade, o prefeito Aleno Dias baixou Decreto com várias restrições aos moradores e visitantes. Entre as medidas já anunciadas pelo Município, estão a proibição de ajuntamento de pessoas na Orla do Rio Tocantins, Praia do Coco, Praias particulares, chácaras e residências. 

Agora, mais uma das medidas impostas está sendo reforçada pela Prefeitura, que é a proibição por tempo indeterminado, do acesso às rampas e demais locais de acesso para o embarque e desembarque de barcos, lanchas, jet sky e assemelhados, cujo objetivo seja de prática desportiva e de lazer.

Para o prefeito Aleno Dias, o descumprimento das medidas impõe a condução coercitiva  do infrator pelos oficiais da marinha e corpo de bombeiros e até mesmo pela Polícia Militar.

“O momento é crítico e exige esforço e responsabilidade de todos”. Pedimos compreensão dos visitantes, dos moradores para que todos cumpram as medidas restritivas de combate ao coronavírus”, disse.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento