09/06/2020 às 08h23min - Atualizada em 09/06/2020 às 08h23min

Governo do Tocantins oferta mais 56 leitos de UTI à população para casos de Covid-19


Foto: Divulgação 
 
A rede pública de Saúde do Tocantins passará a contar com mais 56 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para o tratamento dos pacientes de Covid-19. A ampliação é resultado das tratativas do Governo do Tocantins com os hospitais privados de Palmas e Araguaína e desdobramento da requisição administrativa de 70% dos leitos da rede particular, ocorrida em 15 de maio deste ano. 

Após ouvir as demandas do setor privado e negociar os preços pelo uso dos leitos, no dia 28 de maio, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu chamamento para credenciamento de instituições privadas com ou sem fins lucrativos, interessadas em disponibilizar leitos de UTI. As empresas que tinham interesse em participar do credenciamento tiveram até sexta-feira, 5, para se manifestar.

Na audiência, a  (SES) obteve a sinalização da iniciativa privada da oferta de mais 56 leitos de UTI para atender população que necessita do Sistema Único de Saúde (SUS) no Tocantins. As unidades hospitalares que manifestaram interesse em ofertar leitos, foram: Palmas Medical Center (cinco leitos), Unimed (três leitos), Hospital Oswaldo Cruz (cinco leitos), Hospital Dom Orione (cinco leitos), Hospital Santa Thereza (10 leitos), Intensicare (oito leitos) e Instituto Sinai de Araguaína (20 leitos).

Para o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, o Tocantins não medirá esforços para garantir os atendimentos necessários à população. “Estamos trabalhando com nossa equipe unida e coesa em busca de dar a melhor condição assistencial aos tocantinenses e todas as ações são respaldadas juridicamente e com aval do governador Mauro Carlesse”, afirma. (informações da secom).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento