05/06/2020 às 07h11min - Atualizada em 05/06/2020 às 07h11min

Prefeitura ia pagar mais de R$ 57 mil para psicóloga, mas Município volta atrás e anula contrato


Foto: Divulgação 
 
Mais um caso coloca a Prefeitura de Colinas  no centro de uma polêmica: a contratação de  uma psicóloga- Denise de Barros Capuzzo-  para prestação de serviços de psicoterapia Individual, para profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à covid-19.

O caso seria apenas mais um contrato sem licitação feito pela Prefeitura, mas um detalhe chamou a atenção da população de Colinas: a psicóloga, que seria contratada, é esposa  de   Virgílio Meirelles, assessor especial de gabinete do procurador Geral de Contas do Tribunal de Contas do Estado- TCE.

Pelo trabalho, a psicóloga Denise de Barros Capuzzo iria receber R$ 57.781,50 dos cofres da Prefeitura, sem licitação.  Ao todo, seriam  210 consultas, e o valor individual, de R$ 275,15. Um psicólogo em Colinas, ganha em média, cerca de R$ 1.600.

Após repercussão negativa do caso, a Prefeitura anulou o contrato -  dispensa de licitação nº 021/2020/FMSCO/TO  - processo administrativo nº 030/2020/FMSCO/TO  - nº processo: 5057/2020.

O Diário Oficial-  Nº 764–  desta quinta-feira,4, cita a  Súmula 473 do Supremo Tribunal Federal – “A administração pode anular seus próprios atos quando eivados de vícios que o tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência e oportunidade, rejeitando os direitos adquiridos e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial”.  

Mas o Diário Oficial do Município alega que o principal motivo para anulação do contrato seria falta de agenda da psicóloga. “Considerando a solicitação (constante nos autos do processo) enviada via e-mail no dia 02/06/2020 pela psicóloga DENISE DE BARROS CAPUZZO, inscrita no Conselho Regional de Psicologia – CRP-23/000098, da não necessidade de celebração do contrato, visto que já havia assumido outros compromissos que impedem de executar o que foi proposto”, diz o DO.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento