25/05/2020 às 08h38min - Atualizada em 25/05/2020 às 08h38min

Comércio de Araguaína volta a funcionar nesta segunda-feira, mas com restrições


Foto: Divulgação 
 
Após término do lockdown imposto pelo Governo do Estado e que terminou às 18h do último sábado, Araguaína começa a voltar à normalidade, especialmente no comércio.
 
O comércio da capital econômica do Tocantins  estava fechado por medidas preventivas já há alguns dias, tanto pelo Decreto Municipal quanto pelo lockdown do Governo do Estado, medidas que causaram insatisfação entre os donos de lojas da cidade.
 
Mesmo com o fim do lockdown estadual, Araguaína segue  sob orientação e determinação do Decreto Municipal que restringe aglomeração de pessoas, uso de máscaras e impõe restrições para funcionamento do comércio e igrejas. Vendas só digitais ou por telefones para entrega ou retirada do produto, como era previsto no Decreto Municipal 223/20. Já o isolamento social evoluirá para proibição total de reuniões familiares.
 
Comércio e cultos
 
A presidente da Associação Comércio e Industrial de Araguaína (Aciara), Hélida Dantas, pediu o retorno das vendas presenciais, no modelo previsto do Decreto 222/20. Além do comércio, o vereador e presidente da Câmara Municipal, Gipão, entende que é preciso liberar o funcionamento das igrejas. “O Brasil é um país cristão, que acreditam que através da palavra de Deus podem se libertar de muitos males”, afirmou. O pastor Flávio Braga enviará uma proposta para abertura de capelanias presencias.


 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento