20/04/2020 às 09h24min - Atualizada em 20/04/2020 às 09h24min

Aldeia Krahô cancela festas tradicionais para proteger comunidade indígena


Foto: ​Aldeia Krahô
 
O povo Krahô é reconhecido como o mais sorridente entre as etnias indígenas brasileiras. Porém, em 2020, todas as atividades festivas da Aldeia Manoel Alves estão canceladas, em função da pandemia do novo Coronavírus, decisão que vem sendo adotada por outras aldeias.

De acordo com o cacique Roberto Krahô Cahxêt, a primeira morte provocada pela Covid-19 no Estado, nesta semana, trouxe muita apreensão aos indígenas, que já estavam montando guaritas para impedir o fluxo de pessoas não autorizadas na Reserva Indígena Krahô, localizada entre os municípios de Itacajá e Goiatins.

A restrição do acesso segue a orientação da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), como forma de evitar a disseminação do vírus nas aldeias do País, uma vez que essas populações se encontram no grupo de risco de contaminação. Também impede a entrada de bebidas alcoólicas, de tentativas de prostituição de jovens, de roubo de madeira e outros ilícitos. Vale lembrar que a terra Krahô representa a maior área contínua de cerrado preservada do Brasil. (Secom).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento