18/04/2020 às 07h52min - Atualizada em 18/04/2020 às 07h52min

Vicentinho Junior (deputado) e Vicentinho Alves (ex-senador), são investigados pela Polícia Federal por desvio de verbas


Foto: Sou de Palmas
 
De acordo com matéria publicada no site Uol, a Polícia Federal tem em mãos documentos que comprovariam envolvimento do deputado federal, Vicentinho Júnior (PL) e do pai dele, o ex-senador, Vicentinho Alves, em desvios de verbas.

Os documentos  sugerem "supostas irregularidades na liberação de emendas parlamentares quando do exercício do mandato de senador da República, e, ainda, (...) eventual ocorrência de infrações penais supostamente praticadas por atual deputado federal", disse o delegado da Divisão Especial de Repressão à Corrupção (Decor) da Polícia Civil do Tocantins, Gilberto Augusto de Oliveira.

A apuração começou com uma carta anônima que, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Tocantins, tem trechos verossímeis, diz trecho da matéria do uol.

Em nota, o deputado federal Vicentinho Alves disse que recebeu a notícia com “perplexidade” e atribuiu a denúncia a autoridades do Estado.

“Por início, convém esclarecer a todos que as denúncias remetidas à Polícia Federal, ao que tudo indica, são fruto de atividades engendradas pelo Exmo. Governador do Estado do Tocantins, o Sr. Mauro Carlesse, do Sr. Secretário de Segurança Pública, Dr. Cristiano Sampaio e do Delegado Dr. Gilberto Augusto, que a princípio conduziu as investigações, tudo motivado pelas incansáveis denúncias de corrupção que diariamente o Deputado Federal Vicentinho Júnior leva a efeito”, disse trecho da nota.

O Governo do Estado também emitiu uma nota à revista Uol rebatendo as acusações do deputado.

“A Secretaria da Comunicação informa que o Governador do Estado não tem qualquer conhecimento sobre referida investigação relacionada aos parlamentares citados, uma vez que este é um trabalho que compete de órgãos de investigação, como a Polícia.  O Governador do Estado ocupa-se em executar ações de defesa dos interesses da população do Tocantins”, afirma a nota.

Secretaria da Comunicação- Governo do Tocantins

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento