15/04/2020 às 09h19min - Atualizada em 15/04/2020 às 09h19min

Idoso doente enfrenta pandemia do coronavírus abandonado em assentamento no norte do Estado


Foto: Seu Dionisio 

 
O idoso Dionísio Silva, morador do Assentamento Tabuleiro, chácara Divino Pai Eterno, município de Filadélfia, norte do Estado, passa o tempo prostrado dentro de uma rede à espera de ajuda para tratamento médico.

Familiares do idoso usaram as redes sociais  para denunciar o suposto abandono. Seu Dionísio está há meses jogado dentro de uma rede à espera de socorro, que não vem. Ele não se move mais, tem sérios problemas de visão e toda vez que é levado para algum lugar precisa ser sedado.

Além da falta de assistência médica ao idoso, a estradas na região não ajudam e dificultam o acesso ao Assentamento onde mora seu Dionísio. Um dos familiares do idoso, Mariano Luz Silva,  disse que já procurou a secretaria municipal de saúde, mas nada teria sido feito. “Ele precisa de um acompanhamento na residência. Não pode ser tirado daqui de qualquer maneira.  Já fui lá na secretária e falei para a secretária”, afirma Mariano.

A família diz que a última consulta de Dionísio aconteceu  em Araguaína e faz tempo.  “Veio uma ambulância aqui. A gente pede que as autoridades tomem alguma providência. O idoso não pode ser esquecido desse jeito”, apelam familiares.

Ainda, segundo denúncias, o hospital municipal  de Filadélfia está fechado há quase um ano. No portal da transparência do Município informa que a unidade de saúde está em reforma e que os gastos chegam a R$ 764 mil, incluindo reforma e construção de unidades municipais.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento