09/04/2020 às 08h01min - Atualizada em 09/04/2020 às 08h01min

No Tocantins, secretário fura isolamento, faz festa e é punido com perda do cargo, suspensão dos direitos políticos e multas


Foto: Divulgação

 
Enquanto o mundo inteiro atende aos pedidos das autoridades  para o isolamento  no combate ao coronavírus, o secretário municipal de Luzinópolis, Bico do papagaio, Júnior Neres, faz festa. Não satisfeito, Neres ainda  esbanja fotos da festa nas redes sociais.
 
Junior ainda teria publicado texto dizendo que estava cansado do coronavírus. “"Cansado dessa história de Coronavírus”.
 
A atitude do secretário irritou o Ministério Público (MP), que  instaurou acordo de Não Persecução Civel por meio  de Inquérito Civil Público  contra Junior  Neres da Silva por possível ato de improbidade administrativa.
 
No acordo feito com o MP, Neres reconheceu que sua postura atentou contra princípios da administração pública,  violando  os deveres de juridicidade, decoro, moralidade e lealdade às instituições.
 
Ao assinar o acordo com o MP,  Neres está obrigado a não adotar comportamentos de desobediência às regras do isolamento, sob pena de multa de R$ 5 mil.
 
Mas o castigo a Junior vai além da multa. Ele está proibido de comparecer à secretaria de saúde de Luzinópolis a partir da exoneração. Caso desobedeça, pode pagar multa de R$ 2.500. 
 
Também, Neres  não pode assumir nenhum cargo comissionado ou função de confiança  em Luzinópolis e, em todo o território brasileiro, de assumir quaisquer cargos comissionados ou funções de confiança na área da saúde, até 31 de dezembro de 2020, sob pena de multa de R$ 2.500.
 
Tem mais.  Ministério Público decretou que Junior Neres ficará com seus direitos políticos suspensos pelo prazo de cinco anos. (fonte: tocnoticias)
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento