04/04/2020 às 07h10min - Atualizada em 04/04/2020 às 07h10min

Povos indígenas do Tocantins recebem orientações de prevenção à Covid-19


Foto: Secom/TO
 
 
A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio de sua Diretoria de Direitos Humanos, tem instruído lideranças indígenas a seguir as orientações das autoridades em saúde mundiais, Governo Federal e do Estado para combater a transmissão do Coronavírus entre os povos indígenas do Tocantins.

Segundo a gerente de Diversidade e Inclusão Social da Seciju, Nayara Brandão, a atitude mais eficaz para o combate à propagação da covid-19 é a reclusão, sendo esta medida adotada pelos povos indígenas do Tocantins.

A coordenadora do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Laudovina Pereira, contou que os povos indígenas do Tocantins tomaram medidas de prevenção ao contágio. “As lideranças indígenas estão preocupadas e alguns povos como Apinajé, Krahô, Krahô-Kanela, Karajá de Xambioá, Karajá e Javaé estão fazendo por conta própria o fechamento das entradas dos seus territórios, com barreiras, evitando assim, a entrada de pessoas que não são indígenas, para se protegerem do Coronavírus”, destacou.
 
Povos indígenas

São aproximadamente 15 mil indígenas no estado, divididos em dez povos indígenas no Tocantins, sendo eles: Apinajé, Avá Canoeiro, Javaé, Kanela do Tocantins, Karajá, Karajá Xambioá, Krahô, Krahô aldeia Takaywra, Krahô Kanela, Xerente. (Secom).
 
Telefones para atendimento

Diretoria de Direitos Humanos - (63) 3218-6917
Gerência de Diversidade e Inclusão Social - (63)3218-6919
Conselho Indigenista Missionário (Cimi) - (63) 3224-3219

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento