28/03/2020 às 07h18min - Atualizada em 28/03/2020 às 07h18min

Descaso: cidade no norte do Estado virou cemitério de obras inacabadas; é o dinheiro do povo jogado fora


Foto: Montagem 

 
Seriedade na aplicação do dinheiro público. Isso é o que deveria acontecer com todas as obras feitas com o dinheiro do povo. Deveria mas não é o que acontece em Filadélfia, a 500 km de Palmas, norte do Estado.

A cidade virou um verdadeiro cemitério de obras importantes  inacabadas, que poderiam mudar a  triste realidade  da população local. Entre as obras que apodrecem no meio do mato estão uma escola, uma creche e o próprio prédio  novo da Prefeitura, todos abandonados no meio do matagal, bem à vista de todos, sem cerimônia. Parte do material das obras foi quebrada ou levada por moradores.

O desperdício é tanto que chega a revoltar quem mora ou quem passa pela cidade. Os próprios moradores denunciam o descaso com o dinheiro público. “Essas obras aí são uma vergonha para todo mundo. Por que não terminam?”, questiona uma moradora.

O prédio novo da prefeitura parece mais uma morada de fantasma, está  abandonado no meio do cerrado. Uma importante  creche, no centro da cidade, foi iniciada com dinheiro de emenda parlamentar. Aparentemente, a obra está quase pronta, mas adormece no tempo. Uma grande escola também ficou pelo meio do caminho e se deteriora no meio do matagal.

Mas  o descaso é ainda maior.  57 casas populares se acabam ao relento. Algumas delas estão no ponto de madeiramento, outras ainda no baldrame. Mas todas as casas estão abandonadas, sem nenhum sinal de que vão ser concluídas um dia. 

O prefeito de Filadélfia é Mizô Alencar(MDB), mas as obras foram iniciadas ainda na administração anterior, na gestão do então prefeito Ednilson da Beleu.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento