16/03/2020 às 09h08min - Atualizada em 16/03/2020 às 09h08min

Delegado diz que palanque de Jorge, Marcus Marcelo e Elenil “é pior que coronavírus”; frase não soou bem

Alberto Rocha - Alberto Rocha


O delegado José Rérisson, um dos aliados do prefeito Ronaldo Dimas, disse nas redes sociais que um possível palanque formado pelos deputados Elenil da Penha e Jorge Frederico, além do vereador Marcus Marcelo, seria pior que o coronavírus, doença atual que vem ameaçando o mundo.

O depoimento do delegado foi feito  no facebook  do apresentador de televisão, Stoff Vieira, que  discutia  a possível saída de Elenil e Marcus Marcelo do grupo de Ronaldo Dimas. O possível rompimento foi mostrado pela imprensa depois que uma foto mostrava Marcus Marcelo, Elenil e Jorge Frederico juntos, formando uma provável aliança visando as eleições deste ano.

Durante discussão no facebook,  o delegado escreveu: “Com a devida vênia (respeito), tem palanque que é pior que o coronavírus. Melhor ficar bem longe”, disse Rérisson.

Para piorar ainda a situação, Rérisson compara  a união de Jorge, Elenil e Marcus ao crime. É o que fica entendido nas entrelinhas dos comentários feitos pelo delegado.  “Minha vida foi pautada por combater o crime, não me aliar a eles. O que certos políticos têm feito neste Estado, se o Brasil fosse um país sério, falariam da política em lugar próprio a eles”, disse.

Os comentários do delegado não soaram bem e podem ter efeitos contrários, provocando a ira dos acusados e do próprio governo do Estado. Rérisson, que é suplente de deputado,  chegou a assumir  o cargo depois de articulação do Palácio, inclusive apoiando e  votando todos os  projetos do Governo.

Procurado, Jorge Frederico não quis comentar, mas disse que respeita opiniões contrárias, e que também vê grandeza  nas decisões pessoais, sejam elas políticas ou não.
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento