22/02/2020 às 07h38min - Atualizada em 22/02/2020 às 07h38min

O que pode estar por trás da desistência de Wanderlei Barbosa na disputa de Palmas; Eli Borges pode ter sido o x da questão

Alberto Rocha

Foto: Divulgação


O vice governador Wanderlei Barbosa estava disposto a ganhar a eleição para prefeito de Palmas, mas não está mais. Ele desistiu de uma hora para outra. Motivos? Ninguém sabe, mas existem especulações. 

A especulação mais forte é a de que a desistência de Wanderlei teria passado por conversas a portas fechadas com políticos que detêm o poder no Estado. Se para o Direito, fortes indícios constituem provas,  em política, fortes rumores podem sinalizar uma verdade que ainda não veio à tona.

A desistência de Wanderlei abre caminhos largos para a candidatura do deputado federal Eli Borges, que ainda não se adaptou à vida de Brasília, devido as viagens constantes de avião entre Palmas e a capital federal. Eli Borges tem medo de viajar de avião.

Com uma possível vitória de Eli Borges nas eleições de Palmas, quem sairia ganhando é o ex-deputado federal Lázaro Botelho, primeiro suplente da legenda.

Ele assumiria  a vaga de Eli Borges.  Há um empenho velado do governo em voltar  Lázaro Botelho para a Câmara federal. Lázaro, campeção de emendas, era conhecido como um dos parlamentares mais atuantes  do Tocantins, por isso o empenho para sua volta à Câmara federal.

Já se cogitou a saída de Eli Borges para dar lugar a Lázaro Botelho, mas até agora, nada.  Caso Eli Borges se candidate à prefeitura de Palmas, seria naturalmente o candidato do governador Mauro Carlesse, que levaria junto a força do Palácio e a ajuda de todos os aliados.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento