12/02/2020 às 07h36min - Atualizada em 12/02/2020 às 07h36min

Chega no Brasil a escola que cobra mais de R$ 10 mil por mensalidade


Mesmo em meio à crise que atingiu o setor da educação, que levou muitos alunos de escolas particulares para o ensino público e fez inúmeros colégios fecharem as portas, um setor deste mercado não parece sentir este efeito e vem crescendo a cada ano no país: as escolas de elite, internacionais ou bem ranqueadas em vestibulares e no ENEM. Prova disto é a inauguração, em São Paulo, da nova iorquina Avenues, que chega com pompa e preço que prometem revolucionar este segmento.
 
A escola, que tem sua sede em Nova Iorque, prega seu ensino como "uma verdadeira educação global, com uma visão singular". Segundo o colégio, independente de onde o estudante esteja — seja nos Estados Unidos, no Brasil, ou nos futuros campus — a educação vai ser a mesma, sendo possível o intercâmbio entre países durante o curso. Com grande parcela do aprendizado ocorrendo com auxílio da tecnologia, o aluno estuda e se adapta ao mundo moderno. Sucesso entre os famosos americanos, como Tom Cruise, o colégio ainda conta com aulas em mandarim e espanhol.
 
A mensalidade? Somente  R$ 10.360 mil.
 
Conheça as dez escolas mais caras do Brasil.
 
1 — Avenues: The World School (São Paulo) — R$ 10.360
2 — The British School (Rio de Janeiro) — R$ 4.440
3 — St. Paul's School (São Paulo) — R$ 4.400
4 — Escola Eleva (Rio de Janeiro) — R$ 4.309
5 — Escola Móbile (São Paulo) — R$ 3.870
6 — Escola Concept (São Paulo) — R$ 4.645
7 — Colégio Santo Américo (São Paulo) — R$ 4.960
8 — Colégio Vértice (São Paulo) — R$ 5.087
9 — St. Francis College (São Paulo) — R$ 6.840
10 — Escola Graded (São Paulo) — R$ 8.300
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento