16/11/2019 às 09h32min - Atualizada em 16/11/2019 às 09h32min

Histórias de fuga, luta, extermínio e de bravura cercam a Serra da Matança no norte do Estado

Alberto Rocha - Alberto Rocha

Serra da Matança-Babaçulândia-Tocantins

 
Alberto Rocha
 
As histórias contadas boca a boca sobre a Serra da Matança, localizada no Município de Babaçulândia, norte do Estado,  impressionam, mas ninguém sabe até onde é lenda  ou verdade.
 
Acredita-se que no século XIX, cerca de 200 anos atrás, centenas de índios da etnia Kraô teriam sido dizimados em cima da serra  por homens sedentos de terra e até mesmo por uma incursão comandada pelo Exército Brasileiro.
 
As histórias foram repassadas de forma oral pelos antigos moradores do local a seus familiares, que por sua vez, repassavam para frente o que ouviam sobre uma das mais terríveis batalhas travadas entre índios Krahô e invasores, que saíam País  afora  em busca de propriedades rurais.
 
Verdade ou lenda, a história resiste ao tempo e impressiona pelos relatos da sangrenta batalha que teria acontecido entre indígenas e invasores, que expulsavam os indígenas da terra para ficarem com as propriedades rurais.
 
A Serra da Matança fica a 10 km do centro da cidade.  Antigamente, a estrada de tropeiros, muito utilizada na época, passava embaixo da serra. Em cima do morro existe uma caverna de aproximadamente 30 metros de comprimentos.
 
Quem chega à caverna, cerca de 400 metros de altitude, tem uma visão privilegiada da área. De cima é possível ver com facilidade quem passa perto e longe da serra. O buraco teria sido abrigo dos índios, que chegaram ao local após serem expulsos da Bahia.
 
De acordo trechos do livro do jornalista JJ Leandro sobre Babaçulândia, no capítulo que fala sobre a SERRA DA MATANÇA – Uma história de extermínio, os índios krahô teriam cruzado o rio Tocantins e chegado à  então província de Goyaz, hoje Tocantins, atravessando na região que hoje é  Babaçulândia. Na sequência, invasores de terra  chegaram ao local e começaram a expulsar  os índios e estabelecer fazendas para a criação de gado.
 
Foi aí que houve confrontos entre os invasores e índios krahô, que subiram a serra e lá habitaram para resistir. Mesmo assim, os indígenas teriam sido exterminados no topo da serra, que ficou conhecida como Serra da Matança.

Mais informações sobre a serra da matança, com o guia Pedro (63) 9
9255-2375.
 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento