15/11/2019 às 15h43min - Atualizada em 15/11/2019 às 15h43min

Festa da Via Lago: o retrato da imundície, de uma gente mal educada, suja e sem consciência

Alberto Rocha - Alberto Rocha

foto: G1 TO                                              Via LAgo, Cartão Postal de Araguaína, depois da festa


 
Alberto Rocha
 
 
Fui com fortes dores de cabeça (enxaqueca), mas fui à festa de aniversário dos 61 anos de Araguaína, na Via Lago. Fui para rir, especialmente, das besteiras do Caneta Azul, que mais parecia o He-Man, com aquela caneta levantada, que lembrava  a espada do super-herói da TV dos anos 80 e 90.
 
A festa, em si,  foi boa. A Prefeitura conseguiu levar  para o local  cerca de 20 mil pessoas, nas minhas contas. Mas  parte desse público não foi com a intenção de comemorar o aniversário, mas para sujar o local, conforme ficou registrado no dia seguinte.
 
A Prefeitura foi criticada pela sujeita deixada pelos “vândalos da cachaça”. A meu ver, a Prefeitura não teve culpa nenhuma, pois não podia proibir os cachaceiros de levarem cerveja, vodka, pinga ou outra coisa para a Via Lago. Isso é problema de quem vai.
 
A sujeita espalhada pelo chão escancara o lado de um povo sujo, mal-educado, sem consciência, cachaceiro e porco (com respeito ao animal, que não merece tal comparação).
 
No ano que vem, que vão os limpos e que fiquem a nódoa e a sujeira ...
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento